NEPAT_tarja_01.png

Conceitos

Responsabilidade flutuante

NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi

“Creio que a missão dos sobreviventes do Holocausto é ajudar a salvar o mundo que habitamos de outras catástrofes de caráter e magnitude similares. Para isso, eles precisam ser testemunhas das tendências horripilantes e homicidas – ocultas, mas ainda muito vivas e resistentes – embutidas nos próprios alicerces de nosso modo de coexistência. Foi assim que Raul Hilberg, o maior dos historiadores do Holocausto, entendeu essa missão quando repetiu muitas vezes que a máquina de genocídio nazista não diferia em sua estrutura da organização 'normal' da sociedade alemã: era a mesmíssima sociedade desempenhando um de seus papéis 'normais', cotidianos.”

(Zygmunt Bauman, “Cegueira Moral”)
Seguindo a Semana Zygmunt Bauman do NEPAT, hoje nós vamos falar sobre o conceito de responsabilidade flutuante.

Zygmunt Bauman utiliza a Experiência de Milgram para compreender a responsabilidade pessoal dentro da cadeia de comando e para elaborar melhor a ideia de que a responsabilidade requer proximidade - física, psicológica, social, emocional. Stanley Milgram desenvolveu sua experiência científica em 1961, poucos meses antes do início do julgamento de Adolf Eichmann, e tinha por objetivo entender como a obediência a uma autoridade instituída poderia levar indivíduos comuns a realizar instruções que especificamente envolviam ferir outro ser humano.

Os resultados de sua experiência, ainda que controversos, podem nos ajudar a compreender melhor a sociedade burocratizada em que (ainda) vivemos. Em uma estrutura onde é sempre o Outro que será responsabilizado pelos meus atos, essa flutuação do peso da responsabilidade, aliada à obediência a autoridade e à produção social da distância, gera uma situação muito propícia para um processo de extermínio. Afinal de contas, o que Bauman está tentando nos mostrar, é precisamente que não são monstros que cometem atos monstruosos: são seres humanos iguais a nós. Nesse sentido, portanto, Milgram nos auxilia a diminuir o distanciamento que sentimos entre as centenas de homens obedientes que foram necessários para elaborar e instituir a chamada "Solução Final" durante o Terceiro Reich.

Indicações:
🎙 Podcast Desnazificando: #14: Hannah Arendt e a banalidade do mal [com Adriano Correia]

📽️  Documentário sobre o experimento de Milgram

NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi
NEPAT_post-template-CONCEITOS_responsabi

NOS ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube